Skip to main content

O uso da comunicação crítica em setores essenciais para o bom funcionamento das cidades, como energia, saúde, segurança pública e telecomunicação, tornou-se vital em resposta a emergências e crises, como é o caso das tragédias climáticas. Adicione ao cenário os serviços públicos, as escolas e o comércio, que também precisam compartilhar informações em tempo real, e as comunicações interoperáveis se tornam ainda mais imprescindíveis.

Sem comunicação em tempo real, a gestão de crises é dificultada. A capacidade de trabalhar com diversas agências em sistemas diferentes, usando rádios diferentes, mas, ainda assim, compartilhar informações e dados em tempo real para coordenar esforços, é o auge da interoperabilidade.

Considere um evento catastrófico como uma inundação: os socorristas devem ser capazes de partilhar informações e dados em tempo real, não só para se manterem seguros, mas também para proporcionar segurança à comunidade. Ter um sistema de comunicação crítica ao alcance permite que as informações sejam entregues mais rapidamente, por meio de múltiplas plataformas, para que as respostas sejam planejadas e executadas de maneira eficaz.

As comunicações interoperáveis ​​permitem, ainda, maior cooperação e coordenação e eliminam a necessidade de transmissão manual ou sequencial de informações entre centros de comunicações ou comandos de incidentes, economizando tempo e recursos. A interoperabilidade da tecnologia de comunicação e da linguagem de rádio permite a continuidade do serviço, mesmo que as unidades de campo estejam se comunicando com um centro de comando de incidente diferente. 

Vale reforçar que a estrutura desse sistema precisa operar em redundância, para que caso um meio de comunicação seja afetado, o sistema passe a operar com outra tecnologia. É o que oferece o console de despacho BYNE ControlOne.

CONHEÇA O BYNE CONTROLONE

O BYNE ControlOne integra telefonia, rádio e mensagens, viabilizando a utilização de diversas tecnologias de forma simples. Com todas essas vantagens, a comunicação entre o centro de operação e as equipes de campo fica muito mais fácil e eficiente.

A solução de comunicação crítica da BYNE também se adapta aos centros de operação que se conectam a soluções de comunicação por satélite. Ela traz mais agilidade, disponibilidade e resiliência para quem opera em ambiente de missão crítica.

Tão importante quanto a tecnologia utilizada na comunicação crítica, o suporte da equipe técnica e de desenvolvimento favorece o êxito da missão. A BYNE reconhece que as tragédias climáticas geram desafios inesperados, por isso, a empresa atua em parceria com o cliente para oferecer a melhor solução possível.

CONCLUSÃO

A resposta eficiente às tragédias climáticas exige que todos os atores envolvidos na recuperação das cidades estejam em sintonia. Por isso, a BYNE reforça o uso de ferramentas de comunicação crítica, como o BYNE ControlOne, para a disseminação segura e em tempo real de informações, uma vez que a interoperabilidade desejada e a interoperabilidade real entre os sistemas de resgate são, muitas vezes, díspares.